5 dicas para planejar sua troca de veículo com segurança

Mesmo que o seu carro seja um grande parceiro, em algum momento, pode ser necessário comprar outro modelo. Para evitar vários problemas na hora dessa troca, é imprescindível que você avalie tudo atentamente e com todo cuidado possível. Você sabe quais são as principais razões para fazer a troca de veículos?

São muitos os motivos, como a alta desvalorização do modelo atual (sobretudo quando o modelo sai de linha), mudanças nas necessidades da sua família, visitas recorrentes ao mecânico etc. Ao considerar esses fatores, você pode decidir sobre a troca com mais segurança.

Quando a decisão já está tomada, chega o momento de se planejar, de forma a garantir um bom negócio. Pensando em ajudar você nessa tarefa, listamos 5 dicas para fazer a troca de forma segura e sem arrependimentos. Confira!

1. Definir o tipo de carro antes de procurar

Na hora de trocar seu veículo, é importante que você foque nas suas necessidades reais para definir o tipo mais adequado para o seu dia a dia. Tente avaliar o melhor modelo de acordo com a sua demanda.

Existem vários tipos de automóveis, como o Sedan, o Hatch, o SUV, entre outros. Caso você não precise de um veículo muito grande, o ideal é encontrar as opções que serão mais práticas para a sua rotina. Se a sua família é numerosa, certamente você vai precisar de um carro com porta-malas espaçoso.

Fazer algumas perguntas para saber o que você precisa pode ser uma boa ideia. Veja.

  • Você usa o veículo diariamente?
  • Você roda muito na estrada com o carro?
  • Quantas pessoas usam o automóvel?
  • Você busca um carro espaçoso?
  • Qual atenção você dá ao conforto e à segurança?
  • Você busca economia?
  • Quanto você pretende gastar com o seu automóvel mensalmente?
  • Você usa muito o porta-malas?

Após fazer todas essas perguntas, é o momento de considerar suas respostas e começar a comparar os modelos de carro que vão atender melhor às suas necessidades.

2. Avaliar o custo-benefício do modelo

Comprar um carro acaba envolvendo outros gastos que vão além do valor do automóvel. O dono do veículo tem que lidar com seguro, documentos, manutenção, combustível, IPVA, multas, pedágio e os demais custos que estão relacionados ao carro.

Os modelos mais populares normalmente têm um consumo menor de combustível e as peças tendem a ser mais em conta. Os automóveis mais caros têm valores mais altos de IPVA, seguro e manutenção, por exemplo. Tudo isso precisa ser colocado na ponta do lápis antes de fazer a troca do veículo, seja ele novo, seja usado.

É fundamental se informar sobre todos esses valores para avaliar o custo-benefício do modelo. Dessa forma, é possível descobrir se o modelo que você deseja é sinônimo de prejuízo no longo prazo.

3. Analisar os concorrentes do modelo

Depois de escolher com muita atenção o modelo de carro que vai fazer parte da sua rotina, você pode (e deve) procurar modelos similares e outras marcas para pesar todas as vantagens e as desvantagens. Assim, você corre menos riscos de se arrepender da compra futuramente.

Se a sua escolha for um Hatch, analise se os itens de série são interessantes, se o design é tudo aquilo que você estava esperando encontrar e, sobretudo, a se a mecânica do automóvel não vai onerar seus custos no caso de precisar de manutenção.

4. Planejar-se com antecedência

Os veículos no Brasil não são baratos. Atualmente, um carro básico seminovo custa, em média, entre R$ 25 mil e R$ 35 mil. Os modelos usados mais completos chegam aos R$ 50 mil facilmente, sem contar os carros novos, que têm valores que realmente estão fora da realidade financeira de inúmeros brasileiros.

É importante se planejar financeiramente com antecedência e organizar as despesas para fazer a troca do carro com tranquilidade. O impacto dessa compra é tão grande que o mais indicado é se planejar de seis meses a um ano antes de fechar negócio. Dessa forma, o motorista tem a chance de analisar bem o mercado.

5. Pesquisar preços

Para você conseguir um excelente negócio, é preciso fazer pesquisas de preço. Na hora de escolher, o ideal é tirar alguns dias para analisar as opções e os valores disponíveis no mercado. Como você já escolheu o seu modelo ideal, essa tarefa passa a ser mais efetiva e rápida.

Aproveite para acessar portais e sites conhecidos na internet. Lembre-se que o foco precisa ser na comparação de preços. Desse modo, você consegue ter uma noção de quanto está custando hoje o modelo de carro que você tanto deseja comprar. Com as informações em mãos, você pode ir às concessionárias para encontrar as melhores oportunidades.

Com todo esse material levantado, basta estudar as informações com calma. Em pouco tempo, você terá a certeza do melhor negócio. 

Depois dessas dicas, você certamente já terá decidido sobre a troca e o modelo do carro que vai ser seu próximo companheiro. É aí que você vai começar a pensar no pagamento do automóvel. A dica aqui é sempre fazer pesquisas, da mesma maneira que você fez para encontrar o carro ideal.

Atente-se às taxas de juros que são cobradas e saiba exatamente o quanto você está pagando a mais no valor final do veículo. Se o seu objetivo é ficar livre de vez de pagamentos com taxas de juros abusivas, você pode aderir ao consórcio.

Contratar um consórcio é a forma mais inteligente de fazer uma compra planejada para o seu futuro. Considere essa modalidade de compra se você deseja pagar o mínimo possível. No consórcio, você paga o valor do carro em parcelas e, quando é contemplado, recebe a carta de crédito com o valor total do carro que você pretende adquirir.

Quem está fazendo a troca de veículos aproveita o melhor dessa modalidade de investimento sem sentir a desvantagem da espera. Isso acontece porque, normalmente, a pessoa já tem seu carro e pode continuar com ele sem ter pressa para fazer a compra do novo. Se a sua intenção é adiantar a aquisição, é possível fazer isso por meio do lance. Assim, a contemplação chega mais rapidamente.

Gostou de conhecer as dicas relevantes que listamos aqui para você se planejar e trocar o seu veículo? Aproveite e siga-nos nas redes sociais para ter acesso a outros conteúdos! Estamos no Facebook, no Instagram e no Twitter!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.