Como juntar dinheiro e fazer uma reserva financeira?

Ninguém sabe como será o dia de amanhã. Para se proteger contra imprevistos que possam afetar o bolso, ter uma boa reserva financeira é fundamental. Afinal, ela dá a qualquer pessoa a segurança para enfrentar momentos difíceis, como desemprego e acidentes.

A reserva financeira pode ser montada a qualquer momento. Contudo, para que ela seja substancial, é fundamental ter planejamento e foco na hora de montar a sua. Afinal de contas, ela não deve prejudicar as suas receitas e a sua qualidade de vida.

Continue a leitura e veja mais sobre como montar a sua reserva financeira!

O que é uma reserva financeira?

Reserva financeira é o termo dado para uma quantia monetária (geralmente na forma de investimento) criada para ser utilizada em casos de emergência. Ela pode ser criada considerando a renda do seu dono, um objetivo específico (como sobreviver a seis meses sem trabalho) ou para impedir que acidentes causem um grande impacto. Por isso, os prazos e aportes são sempre flexibilizados.

Como ela se diferencia de outros investimentos?

A reserva financeira, muitas vezes, é estruturara por meio de um investimento. Ele deve ter algumas características únicas, que facilitam o seu resgate com o menor custo possível. Além disso, deve estar alinhado com o perfil da reserva a ser montada, o que envolve pontos como:

  • evitar aplicações de alto risco: a reserva financeira deve ter um nível de previsibilidade em termos de rendimento e o valor que ficará disponível para ser sacado, por isso, a alta liquidez é evitada. Investimentos como ações podem apresentar, ainda que raramente, quedas a médio e longo prazo, prejudicando a reserva;
  • ser resgatável a qualquer momento: o ponto fundamental da reserva é a possibilidade de resgate assim que o seu dono precisar, por isso, deve-se sempre evitar investimentos com mecanismos para evitar o resgate antecipado;
  • possibilidade de investimentos regulares: uma reserva financeira pode ser ampliada continuamente pelo seu dono, o que demanda a escolha de investimentos que podem ser alimentados continuamente com novos aportes.

Por que ter uma reserva financeira é importante?

A economia brasileira passa por um longo período de incertezas. Nesse cenário, a segurança para planejar o futuro é difícil de ser obtida. Como pensar a médio e longo prazos sem saber quais são os riscos do amanhã?

Nessas horas, ter uma reserva financeira bem estruturada é crucial. Ela auxilia você a ser mais ousado na carreira, buscar novos caminhos ou investir em novos projetos sem medo de eles darem errado. Afinal de contas, haverá uma quantia mínima salva em um local seguro para ajudar a enfrentar qualquer imprevisto.

Veja, a seguir, alguns usos da reserva financeira!

Lidar com imprevistos financeiros sem comprometer o orçamento

As reservas financeiras também nos ajudam a lidar com momentos de imprevistos, como tratamentos de saúde, conserto de um veículo que não seja coberto por um seguro ou uma reforma em casa. Nessas horas, a reserva permite que o seu dono lide com o problema rapidamente e com segurança, sem comprometer o seu orçamento mensal e prejudicar outros gastos.

Ajudar na transição entre empregos

Em caso de perda de emprego, a reserva financeira também entra em cena. Ela garante ao profissional a chance de manter o seu estilo de vida por alguns meses até que ele encontre uma nova vaga. Assim, a redução de gastos que tradicionalmente é feita entre dois empregos pode ser realizada em menor escala.

Evitar dívidas

Uma reserva financeira também ajuda a evitar dívidas. Sempre que ela for utilizada, um empréstimo deixa de ser tomado e a fatura de cartão de crédito mantém o seu tamanho atual. Ou seja, alternativas com cobranças de juros e que comprometem o futuro são ignoradas no instante em que a necessidade for resolvida com o montante reservado.

Como criar uma reserva?

Criar uma reserva financeira exige foco, planejamento e persistência. Não é algo tão difícil de fazer quanto ficar milionário, mas é um objetivo que necessita de algum esforço. Veja alguns passos para atingir essa meta!

Busque um investimento robusto

Uma boa reserva financeira deve começar com um investimento baixo, mas que cresça continuamente. O ideal é que ela tenha um rendimento acima da inflação. Assim, o seu dono pode manter o valor dentro do que ele necessitará e sem que as oscilações do mercado levem a prejuízos.

Foque no longo prazo

A reserva financeira deve ser um projeto de longo prazo. Isso garante estabilidade no crescimento da quantia necessária. Ao mesmo tempo, abre espaço para lidar confortavelmente com problemas graves, uma vez que o seu valor sempre estará acima do mínimo esperado.

Não faça retiradas desnecessárias

A reserva financeira deve ser utilizada apenas em momentos realmente necessários. Retiradas sem motivo relevante podem causar dois problemas: falta de dinheiro em momentos de urgência e a noção de que o orçamento está mais confortável para gastos do que a realidade.

Mantenha a vida financeira organizada

Ter uma vida financeira bem organizada é crucial para o sucesso da sua reserva. Com poucos exageros, você conseguirá fazer aportes continuamente e as chances de retirar verbas do seu fundo serão baixas. Ou seja, a sua reserva poderá crescer e ser utilizada só em momentos críticos.

Compre um imóvel

Comprar um imóvel é uma boa alternativa para ter uma reserva financeira. Se você já tiver o seu, ele poderá ser utilizado para aluguel, o que ajuda a ter um fluxo de renda contínuo. Ao mesmo tempo, ele pode ser vendido e o valor ser recuperado.

A vida de qualquer pessoa pode ter imprevistos. Quando eles ocorrem na área financeira, existem várias alternativas que podem ser utilizadas: cartão de crédito, empréstimos e a venda de um bem de valor são alguns exemplos.

Entre todas as alternativas disponíveis, a reserva financeira é uma das mais seguras. Com ela, você pode lidar com problemas e imprevistos facilmente. Tudo isso com a segurança de que o seu orçamento não será comprometido.

Gostou deste artigo? Quer saber mais sobre como adquirir um imóvel para torná-lo a sua reserva financeira? Então, leia o nosso guia sobre como comprar imóvel sem entrada!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.