fundo comum

Você sabe o que é e como funciona o fundo comum no consórcio?

Se você está considerando o consórcio como uma forma de realizar investimentos, então é importante saber como funciona o fundo comum, uma reserva financeira paga por todos os consorciados.

Apesar de muitos já terem ouvido falar dele, essa reserva ainda é cercada por muitas dúvidas, principalmente por quem está pensando em entrar no consórcio pela primeira vez. 

Para saber como ele é formado e calculado, para que serve e o que acontece quando não é usado, continue lendo este artigo. Quanto mais informações coletar, mais segurança terá quando for assinar o seu contrato. Por isso, confira!

Mas antes, como funciona o consórcio?

O consórcio é a melhor opção para quem pretende adquirir um bem de forma econômica sem pagar juros. Seu funcionamento é simples, confira:

1- Simulação e valor do consórcio

O processo de aquisição começa na simulação. Nela você selecionará o bem que deseja comprar, o valor da parcela que se encaixa em seu orçamento.  

Podemos dizer, portanto, que o consórcio é um investimento que funciona como um autofinanciamento.

Na simulação você receberá todas as informações do seu crédito e os valores que compõem a sua parcela, como:

  • O valor da parcela: referente ao bem ou serviço a ser adquirido;
  • O fundo de reserva: reserva financeira para emergências ou inadimplências;
  • A taxa de administração: valor cobrado pela administradora para realizar a gestão do consórcio, ou seja, por todos os serviços prestados por ela;
  • Seguros prestamista: garante o pagamento de algumas prestações, diante de algum evento coberto;

Preço justo

Uma das grandes vantagens do consórcio é que não existe juros e, assim, você paga um preço justo pelo bem que deseja adquirir.

2- Contrato de adesão

Ciente dos valores envolvidos e assinado o contrato, todas as pessoas que confirmarem a participação, formarão o grupo de consorciados e contribuirão mensalmente para um mesmo fundo comum.

Facilidades

No consórcio a burocracia é muito menor e você pode adquirir uma cota mesmo estando com restrições de crédito. Você só precisa regularizar a situação antes de ser contemplado.

3- A carta de crédito

A carta de crédito é uma concessão de crédito que o consorciado recebe quando ele é contemplado, que permite que a pessoa realize a aquisição do bem ou contrate um serviço, que foi acordado na contratação do consórcio.

A carta te oferece o poder de compra à vista, já que o valor total do crédito é pago pelo produto ou serviço escolhido pelo consorciado, no momento da compra. No entanto, você continuará pagando as parcelas definidas em contrato até a quitação do seu plano. 

E o que é fundo comum no consórcio?

O fundo comum nada mais é do que o valor acumulado dos valores pagos mensalmente pelos consorciados que compõem o Grupo. 

Sua contribuição é mensal e todos os meses poderão ser contemplados para aquisição do crédito. O número de contemplação varia de acordo com o valor acumulado.  

Quando um consorciado é contemplado, o valor a ser recebido em sua carta de crédito sai deste fundo. Portanto, ele é calculado de forma a garantir que todos os consorciados possam receber o bem pelo qual estão pagando.

Todos esses procedimentos são regulamentados pelo pelo Banco Central (BACEN)

O fundo comum eleva o valor da carta de crédito?

Não eleva, pois o fundo comum é exatamente o valor da carta de crédito dos consorciados do Grupo.

É fundamental que os valores pagos sejam reajustados periodicamente, a fim de garantir que a carta de crédito manterá seu poder de compra de seu imóvel ou automóvel, por exemplo.

Geralmente, os reajustes são anuais e evitam as perdas causadas pelos índices inflacionários, garantindo, assim, a elevação do valor da carta de crédito.

Em caso de desistência, o participante tem acesso ao fundo comum?

Sim, ele recebe a restituição de todos os valores pagos ao fundo comum subtraindo uma multa da quebra do contrato. No entanto, ele não tem direito à restituição dos valores pagos ao fundo de reserva, seguros e taxa de administração.

Saiba mais!

Como você pode perceber, o fundo comum é o que garante ao consorciado receber sua carta de crédito para adquirir seu bem ou serviço. 

Agora que você já sabe tudo sobre ele, baixe o e-book Fui contemplado pelo consórcio, e agora?” para saber o que fazer quando estiver com sua carta de crédito em mãos!

Se precisar falar com um de nossos especialistas em consórcio, entre em contato com nossa equipe!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.